Largo da Batata em Pinheiros

Largo da Batata
O Largo da Batata em Pinheiros é um logradouro público localizado na cidade de São Paulo.

O Largo é um dos principais cruzamentos da cidade pois situa-se na confluência da avenida Brigadeiro Faria Lima e das ruas dos Pinheiros, Teodoro Sampaio, Cardeal Arcoverde, Baltazar Carrasco, Martim Carrasco, Chopin Tavares de Lima e Fernão Dias.


No local abriga-se a Estação Faria Lima da Linha 4-Amarela do Metrô, o terminal de ônibus Largo da Batata, inúmeros comércios e prédios empresarias e futuramente abrigará também um novo Centro Culural.

História

Há registros da ocupação da região por indígenas por volta de 1560, ano que marca a fundação do bairro de Pinheiros. Os índios guaianás teriam sido transferidos da Vila de São Paulo de Piratininga para a região, onde foi fundada a capela de Nossa Senhora da Conceição, pelos jesuítas José de Anchieta e Manuel da Nóbrega.

Largo da Batata antigamente

Já no século XX, foi fundado o Mercado Caipira, mercado de produtos agrícolas e, a partir de 1909, foi construído um mercado municipal, fortalecendo sua característica comercial.

É conhecido como Largo da Batata desde a década de 1920, por concentrar vendedores de batatas, próximo à Cooperativa Agrícola de Cotia. Porém, apenas em julho de 2012 recebeu o nome oficialmente, pela Lei nº 15.615/2012.

Possui também importância histórica no transporte, recebendo na década de 1930 bondes elétricos que ligavam o bairro ao centro da cidade.

Desde 2007, passa por requalificação urbana, com previsão de conclusão para 2013.

Novo Largo da Batata

O projeto de modernização do largo foi idealizado em 2001, quando o arquiteto Tito Lívio Frascino ganhou um concurso. As sondagens da área começaram no ano seguinte e, de lá para cá, o projeto sofreu várias alterações.

A região ganhará além terminal de ônibus e da estação do Metrô, ambas já concluídas, uma praça com um espaço cultural na rua Martin Carrasco, onde lojas dos anos 1950 resistem em meio às obras.

Largo da Batata modernizado


Uma das principais mudanças do projeto inicial ocorre na área da antiga Companhia Agrícola Cotia, que fica ao lado do mercado municipal de Pinheiros.
.
Em vez de um centro cultural, o espaço deve ganhar um empreendimento comercial. Com isso, lojas populares já dão lugar a prédios empresariais. Tudo muito diferente dos anos 1990, quando a área era ocupada por camelôs.









 
  Sobre o EncontraPinheiros
Fale com EncontraPinheiros
Anuncie no EncontraPinheiros
Cadastre sua Empresa no EncontraPinheiros (grátis)
+Seja um Franqueado EncontraBR


Termos EncontraPinheiros | Privacidade EncontraPinheiros
Bandeira da cidade de São Paulo